Saúde + tecnologia + seguro + sustentabilidade ambiental

Sabemos da importância de manter uma vida ativa, com exercícios físicos constantes. Os benefícios são inúmeros: mantemos bons níveis dos hormônios de bem-estar, diminuímos o estresse, evitamos diversas doenças, contribuímos para o bom funcionamento do organismo com um todo. No entanto, com a correria e as obrigações diárias, nem sempre conseguimos dar prioridade à nossa saúde.

Por esse motivo, e pensando também na melhoria do trânsito, na mobilidade urbana e na diminuição na emissão de CO2 nos grandes centros, a bike tem sido incentivada cada vez mais. Recentemente, saiu na BBC uma reportagem sobre a cidade de Bolonha, na Itália, que tem estimulado seus habitantes por meio de recompensas: ao adicionar os trajetos em um aplicativo, ganham pontos para trocar por sorvete ou cerveja.

Aqui no Brasil, a tecnologia fica em torno de equipamentos especiais, como luvas e capacetes luminosos e roupas que absorvem rapidamente o suor e protegem contra raios ultravioletas. Ainda temos algumas iniciativas, como a do projeto “Eu vou! Floripa”, que oferece um espaço especial ao ciclista, com estacionamento, café, ducha e manutenção para as bicicletas.

O cenário tem sido positivo nas fábricas também: no Polo Industrial de Manaus o aumento de produção foi de 16%, comparado ao ano passado. Porém, roubos e furtos, igualmente, aumentaram. Como o investimento não é barato, as bikes acabam se tornando alvo para bandidos. Acredito que pensar na proteção é fundamental. Dessa forma, um seguro bicicleta (ou seguro ciclista) tende a ser um grande aliado nesse movimento em prol da saúde e sustentabilidade urbana, assegurando contra furtos e até acidentes nas ruas.

Saiba mais o que Ô. Auto pode oferecer para você!

Post a Comment